Parque temático a ser construído em Brasília, próximo à região do Aeroporto Internacional Juscelino Kubitschek, é o novo participante do programa

Projeto prevê a abertura de 400 empregos diretos e 1,6 mil indiretos nos próximos meses / Imagem de divulgação

Projeto prevê a abertura de 400 empregos diretos e 1,6 mil indiretos nos próximos meses / Imagem de divulgação.

Mais 2 mil empregos serão abertas no Distrito Federal até o final do ano com a chegada da Brasília Waves. A empresa – responsável por construção e gerenciamento de um parque voltado à prática e ao treinamento de esportes olímpicos radicais – é a nova aderente ao Emprega-DF, programa de incentivo do Governo do Distrito Federal (GDF) que concede benefícios fiscais a quem investe e gera trabalho na cidade.

No ano em que o país foi impactado economicamente pela pandemia de Covid-19, o GDF vai conseguir, por meio de políticas públicas, fechar 2020 com 17 empresas inscritas no programa de benefícios fiscais gerenciado pela Secretaria de Desenvolvimento Econômico (SDE).

17,3 milempregos prometidos por corporações que aderiram ao Emprega-DF.

Sete já eram beneficiadas por outros programas e migraram para o Emprega-DF em troca de desconto no Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS). Outras oito estão em fase de análise para entrada no programa. Juntas elas se comprometeram a gerar mais de 17,3 mil empregos, entre diretos e indiretos.

O termo de acordo de regime especial entre o GDF e a Brasília Waves foi publicado no Diário Oficial do Distrito Federal (DODF) e prevê a abertura de 400 empregos diretos e 1,6 mil indiretos nos próximos meses.

“O Emprega-DF está sendo um sucesso na captação de investimentos e na geração de empregos. A secretaria comemora esses resultados, principalmente por serem alcançados em meio a uma crise”

José Eduardo Pereira Filho, secretário de Desenvolvimento Econômico

O parque temático terá uma grande piscina que simula uma praia com ondas, onde haverá treinamento de surf. Outros esportes considerados radicais e inscritos nos Jogos Olímpicos, como escalada, skate e vôlei de praia, também contarão com estrutura para aulas e recreação. O investimento ainda terá restaurantes e espaço para shows.

Vantagens

O percentual de incentivos varia de acordo com o número de empregos gerados pela empresa, os projetos sociais voltados à preservação do meio ambiente, a qualificação de mão de obra e as ações de patrocínio a projetos culturais e esportivos.

“O Emprega-DF está sendo um sucesso na captação de investimentos e na geração de empregos. A secretaria comemora esses resultados, principalmente por serem alcançados em em meio à uma crise na economia gerada pela pandemia de Covid-19”, ressalta o secretário de Desenvolvimento Econômico, José Eduardo Pereira Filho.

Por: HÉDIO FERREIRA JÚNIOR, DA AGÊNCIA BRASÍLIA | EDIÇÃO: FÁBIO GÓIS

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Solve : *
21 + 21 =