A premiação, promovida pela Global Water Partnership (GWP), reconhece iniciativas mundiais que promovem mudanças socioambientais

O Projeto Produtor de Água na Bacia do Ribeirão Pipiripau, coordenado pela Agência Reguladora de Águas, Energia e Saneamento Básico do Distrito Federal (Adasa), é um dos 12 finalistas do concurso “Water ChangeMaker Awards” (Produtores de Mudanças em Relação à Água).

A premiação, promovida pela Global Water Partnership (GWP), reconhece iniciativas mundiais que promovem mudanças socioambientais por meio de questões relacionadas à água. A escolha do vencedor do prêmio será decidida por júri técnico e votação popular, que ocorre até o dia 25 de janeiro por meio de plataforma on-line.

Para o concurso foram habilitados 340 projetos de mais de 80 países. Na final, o Produtor de Água no Pipiripau concorre com ações realizadas em Bangladesh, Bolívia, Butão, Canadá, Egito, Equador, Filipinas, Honduras, México e Quênia.

O concurso internacional, lançado em abril de 2020, em meio à crise de saúde global e de incertezas, tem o objetivo de valorizar a promoção de mudanças nas políticas públicas e incentivar a gestão compartilhada dos recursos hídricos.

O nome do trabalho ganhador será anunciado em 25 de janeiro durante a Cúpula de Adaptação Climática 2021, que acontecerá na modalidade on-line.

Participe da votação, é rápido, basta um clique!

Acesse gwp.org/vote e clique no ícone do coração abaixo do Projeto Produtor de Água no Pipiripau.

Vote várias vezes!

O regulamento do concurso permite que a cada 24 horas você possa votar novamente.

Projeto Produtor de Água no Pipiripau 

O Programa Produtor de Água foi lançado pela Agência Nacional de Águas (ANA) em 2001, e implantado em 2011 na Bacia do Ribeirão Pipiripau. Ele é resultado da parceria da Adasa com 17 instituições e mais de 200 produtores rurais, com o objetivo de minimizar conflitos pelo uso da água na região. Além dos produtores rurais, a bacia abastece mais de 200 mil pessoas das cidades de Planaltina e Sobradinho.

Entre os benefícios gerados por meio do Projeto, estão o reflorestamento de áreas degradadas, o cercamento de nascentes e Áreas de Preservação Permanente, adequação de estradas rurais, conservação do solo e controle de erosão e a melhoria da infiltração da água e da sua quantidade e qualidade em nascentes e cursos d´água.

Conheça mais sobre o Projeto em http://www.produtordeaguapipiripau.df.gov.br

AGÊNCIA BRASÍLIA * I EDIÇÃO: CAROLINA JARDON

* Com informações da Adasa

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Solve : *
22 × 27 =