Na noite de quinta feira (25), o governador do DF decretou o lockdown que seria apartir de segunda feira (1/03), por conta da pandemia do novo CORONAVÍRUS. Porém, na tarde de hoje (26) o governador antecipou, e decretou que o lockdown começará hoje (sexta feira 26/02).

As proibições não serão apenas das 20h às 5h: será um lockdown total. Ou seja, tudo será fechado, exceto serviços essenciais. A determinação valerá a partir da publicação do documento, o que deve ocorrer nas próximas horas.

A decisão foi tomada pelo chefe do Executivo local após ver dados sobre a lotação do sistema de saúde da capital. Por volta das 16h30 desta sexta, o Distrito Federal tinha apenas um leito de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) adulto em toda a rede de saúde. O dado inclui hospitais públicos e privados.

“Criou-se um comitê, que vai avaliar permanentemente a situação”

De acordo com o painel Info-Saúde-DF, que apresenta os dados da Covid-19 na capital, a taxa de ocupação total de leitos é de 98,22%. Quando se trata de leitos adultos, o índice sobe para 99,40%.

A fim de tentar minimizar  o problema, Ibaneis anunciou, nesta sexta, a ativação de mais 60 leitos para tratamento de Covid-19 no Distrito Federal. Segundo o emedebista, 20 deles serão no Hospital de Campanha de Ceilândia e outros 40 no Hospital Regional de Santa Maria (HRSM).

Por: Junim 10B

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Solve : *
2 × 30 =