Notícia boa no Dia Nacional da Consciência Negra, neste sábado, dia 20 de novembro: 81% dos líderes são pretos nas lojas do Arcos Dorado – franquia do McDonald’s na América Latina e Caribe.

81% líderes são pretos em franquia do McDonald's no Brasil - Foto: divulgação
81% líderes são pretos em franquia do McDonald’s no Brasil – Foto: divulgação

Notícia boa no Dia Nacional da Consciência Negra, neste sábado, dia 20 de novembro: 81% dos líderes são pretos nas lojas do Arcos Dorado – franquia do McDonald’s na América Latina e Caribe.

Esses dados, de 2020 e 2021, são motivo de orgulho para a empresa, que continua investindo na capacitação dos funcionários para que eles possam se desenvolver profissionalmente e gerar ainda mais oportunidades de promoção e crescimento.

“Somos um dos maiores geradores de primeiro emprego formal da região e temos consciência de nossa responsabilidade em promover um ambiente de trabalho seguro, diverso e respeitoso”, explica Fábio Sant’Anna, Diretor de Gente, Diversidade e Inclusão na Divisão Brasil da Arcos.

Fábio ainda comenta que a empresa tem trabalhado constantemente para “oferecer a igualdade de oportunidades para todos, incluindo a ascensão de carreira para cargos de liderança de pessoas negras em nosso quadro, contribuindo com a luta antirracista no mercado de trabalho”.

Oportunidade de crescimento

Uma das histórias de orgulho e sucesso da Arcos Dorados é a da Adriana Alves, do Rio de Janeiro. A jovem começou a trabalhar para a rede em 2010, quando tinha apenas 17 anos.

Na época, Adriana ocupava o cargo de Atendente em uma unidade do McDonald’s no centro do Rio de Janeiro.

Foi através do portal MCampus, plataforma de aprendizagem e treinamento do McDonald’s, que ela se capacitou e foi promovida ao cargo de Assistente Administrativa, passando a Gerente de Área e depois Gerente de Plantão.

Durante esse período, Adriana enfrentou diversas lutas e desafios diários, incluindo o trajeto distante da casa dela em Petrópolis até o trabalho e a perda da mãe, que sempre a incentivava.

Com isso, Adriana passou a morar apenas com o pai, que é aposentado, e ajudou a contribuir com boa parte das despesas da família

Hoje Adriana atua como Gerente de Unidade de Negócio e reconhece que o apoio dado pela empresa foi um diferencial na carreira dela.

“Percebo que o McDonald’s evoluiu muito ao longo dos anos quando se fala em diversidade. Hoje, eu gerencio uma equipe muito diversa, incluindo três pessoas com deficiência e tenho esse papel de mostrar que eles também podem construir uma carreira de futuro”, comenta Adriana.

“São jovens, que ainda estão formando seus valores e existe essa importância e representatividade do meu papel de liderança em direcioná-los”, lembrou Adriana.

Diversidade e Inclusão

Uma das principais iniciativas do McDonald’s, implementada em toda a América Latina há cerca de três anos, é o Comitê de Diversidade e Inclusão. Esse comitê tem o propósito de conscientizar os funcionários sobre o respeito às individualidades.

Aqui no Brasil, a equidade racial é uma prioridade que vem sendo trabalhada pelo Comitê em diversas ações internas, como a realização de treinamento e distribuição de conteúdos educativos. Atualmente, 60% dos colaboradores da rede se declaram como pretos ou pardos.

Adriana é funcionária da redes desde 2010 - Foto: divulgação
Adriana é funcionária da rede do McDonald’s desde 2010 – Foto: divulgação

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Solve : *
17 × 23 =