Ceilândia começou a receber, na quarta-feira (02/12), a operação de testagem de moradores para a Covid-19.  A ação faz parte do estudo  para avaliar a circulação do novo coronavírus no Distrito Federal. A meta é evitar uma possível segunda onda da doença na capital federal.

Até sexta-feira, cerca de 230 pessoas sorteadas de Ceilândia serão testadas pelas equipes de saúde, que vão atuar em parceria com os bombeiros e os profissionais do Sesc.

A ação teve início na QNP 5, onde o secretário de Saúde acompanhou a testagem da primeira moradora sorteada. Osnei Okomoto explicou a estratégia de controle à Covid-19:

“Estaremos sorteando as residências para que a gente possa visitar com as nossas equipes. Esse sorteio foi realizado por meio do IPTU de cada RA, onde foram escolhidas 203 residências. Ali, então, a equipe estará visitando a residência; conversando e entrevistando com os moradores da residência. Será escolhido um para que ele possa assinar o termo de consentimento livre e esclarecido e aí então fazer a coleta capilar do sangue e a realização do teste sorológico IGM/IGG. Iniciaremos aqui em Ceilândia e posteriormente as outras 33 RAs do DF serão atendidas simultaneamente pelas nossas equipes”.

 Ceilândia foi escolhida para iniciar os testes por apresentar o maior número de casos confirmados da Covid-19 na Capital. A partir de segunda-feira (7), as testagens vão passar a ser feitas de forma simultânea nas demais 33 regiões administrativas do DF.

Para mais informações, acesse o site da Agência Brasília.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Solve : *
24 × 4 =