O caso aconteceu no drive-thru e foi confirmado pela Prefeitura de Taquaritinga-SP

Um suposto caso de racismo ocorreu durante a campanha de vacinação contra a Covid-19 na cidade de Taquaritinga-SP, na última terça-feira (03). O fato foi confirmado pela assessoria de imprensa da prefeitura municipal em nota.

Testemunhas relataram que uma idosa, acompanhada da filha,  passou pelo drive-thru do Ginásio de Esportes Antônio Dambrósio e se negou a tomar a vacina que estava na mão de um enfermeiro negro.

Segundo a nota da prefeitura, o profissional “se aproximou do carro pra vacinação e a filha falou: ‘não se aproxime da minha mãe ’. Ele pegou os documentos para fazer as anotações, entregou para outro profissional e voltou ao posto de atendimento para o próximo ”.

Após o ocorrido, o enfermeiro comentou que acreditava que o motivo seria a cor de sua pele. A Secretaria de Saúde foi notificada e a polícia acionada. O boletim de ocorrência não foi realizado devido ao alto número de pacientes a serem vacinados. O carro já havia sido liberado e as pessoas envolvidas não foram identificadas. As câmeras de segurança serão analisadas pela polícia.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Solve : *
30 × 12 =