Lou Ottens, engenheiro holandês que ficou famoso por inventar a fita K7 tão utilizada para ouvir música, faleceu aos 94 anos de idade no último sábado, 6 de Março.

Collection of vintage audio cassettes

Ele desenvolveu a “fita k7” nós anos 60, após ficar insatisfeito com o uso das fitas de rolo para ouvir música — Lou enxergava o dispositivo como grande demais e a ideia era justamente criar algo que coubesse no bolso de sua jaqueta, o qual serviu de modelo para o tamanho da fita.

Como chefe de desenvolvimento de produtos da Phillips, não demorou muito para que Ottens atingisse seu objetivo e criasse um dos itens mais importantes da história da música.

Primeiro, a K7 chegou às casas e aos carros e depois surgiria o famoso walkman, que abriu as portas para o consumo de música na rua em sua forma mais prática possível. Se estamos onde estamos hoje, muito devemos a Ottens e sua icônica invenção.

Os maiores de 35 anos, com certeza vai saber a relação entre uma caneta “bic” e uma fita k7, dentre outras curiosidades, como ficar indignado (a) com o locutor que soltava a vinheta da “rádio” na música tão esperada por horas (risos). Aqui no Brasil, o walkman e os “rádios toca-fitas”, passaram a ser mais populares nos anos 80 e 90.

Nos anos 1970, Lou também fez parte do time que desenvolveu os CDs.

Por: Junim 10B

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Solve : *
27 ⁄ 9 =