Home Destaques GDF cumpre meta de revitalização da Bacia do Alto Rio Descoberto

GDF cumpre meta de revitalização da Bacia do Alto Rio Descoberto

GDF cumpre meta de revitalização da Bacia do Alto Rio Descoberto

Foi finalizada a recomposição vegetal de 224 nascentes com o plantio de mudas nativas do cerrado, produzidas na Granja Modelo do Ipê, da Seagri

A Secretaria de Agricultura do Distrito Federal (Seagri) cumpriu uma importante meta do Plano de Revitalização da Bacia Hidrográfica do Alto Rio Descoberto, promovendo a recomposição vegetal de 224 nascentes. O plano, firmado em setembro de 2017, é uma parceria entre a Seagri e a Fundação Banco do Brasil, em razão da crise hídrica enfrentada no Distrito Federal. Com vigência de quatro anos, o convênio contempla a disponibilização de recursos, de cerca de R$ 1 milhão, para ações voltadas à conservação do solo e da água na região do Descoberto, a fim de proporcionar a recarga do reservatório.

As ações estipuladas contemplam a recomposição de nascentes, a construção de bacias de contenção e a capacitação de produtores rurais no manejo adequado da água para irrigação.

“Esta ação evita a perda de solo, estabiliza o clima, protege os recursos hídricos e preserva a biodiversidade, com reflexos diretos na qualidade de vida da população”Odilon Vieira Junior, subsecretário de Abastecimento e Desenvolvimento Rural da Seagri-DF

Uma das metas estipuladas no plano foi a de recomposição vegetal de 224 nascentes da região, por meio de ações de plantio de mudas nativas do cerrado. As mudas a serem plantadas foram produzidas na Granja Modelo do Ipê, da Seagri. Essa prática já é adotada em outros projetos, como Programa Produtor de Água do Pipiripau, Programa Reflorestar e Plano de Manejo e Conservação de Água e Solo.

O viveiro de produção da Seagri conta com aproximadamente 80 espécies, possibilitando maior diversidade para os plantios e favorecendo o retorno da recomposição vegetal da área.

“As espécies a serem utilizadas nos plantios de mudas são definidas de acordo com as observações da equipe técnica, em vistorias nas propriedades. Para cada ponto é feita uma proposta individual, buscando-se o melhor desenvolvimento das espécies nas características identificadas”, esclarece o diretor de Políticas para o Desenvolvimento Rural da Seagri, Mac Souto.

“Esta ação evita a perda de solo, estabiliza o clima, protege os recursos hídricos e preserva a biodiversidade, com reflexos diretos na qualidade de vida da população”, destaca o subsecretário de Abastecimento e Desenvolvimento Rural da Seagri, Odilon Vieira Junior.

Sobre a Bacia do Alto Rio Descoberto

A bacia hidrográfica do Alto Descoberto ocupa uma área de aproximadamente 44 hectares, localizada no noroeste do DF, na divisa com Goiás, com 83% da área no DF. Engloba partes das regiões administrativas de Brazlândia, Ceilândia e Taguatinga, no Distrito Federal, e dos municípios de Padre Bernardo e Águas Lindas de Goiás, no estado de Goiás.

Na bacia encontra-se o Lago do Descoberto, responsável pelo abastecimento de água para aproximadamente 67% da população do DF. Ainda, na área de drenagem da Bacia, há diversas comunidades rurais que contribuem fortemente para a produção local de alimentos, sobretudo frutas e hortaliças.

*Com informações da Seagri

Fonte: Agência Brasília

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

Solve : *
3 + 12 =