Em participação ao lado de Elia Júnior e Glenda Koslowski, Piquet criticou a Globo ao dizer que ‘ainda bem que a F-1 se livrou da Globo Lixo‘. A frase do ex-piloto, conhecido por declarações polêmicas ao longo da carreira, causou muito desconforto na cúpula da Band. Em nota, a emissora paulista se pronunciou com elogio à concorrente carioca e esclareceu que a opinião de convidados não reflete o pensamento da empresa.

“Em relação às opiniões proferidas no último domingo (28), durante a programação especial da cobertura do Grande Prêmio do Bahrein de F1, a Band esclarece que a posição dos nossos entrevistados não reflete necessariamente a da emissora. Durante os últimos 41 anos, os direitos da F1 foram da Rede Globo e a Band não só reconhece o significativo trabalho feito, como também a qualidade técnica e jornalística, que valorizou e elevou a importância da modalidade”

A Band apagou a postagem com o comentário de Nelson Piquet em seu site, até para diminuir um pouco o impacto, o que não foi possível na totalidade, já que o ex-piloto estava ao vivo no momento da crítica à Globo. Além disso, há no YouTube diversas imagens do momento em que a palavra ‘Globo Lixo’ foi dita (veja o vídeo abaixo).

A estreia das transmissões de Fórmula 1 em TV aberta no Brasil rendeu bons frutos à Band. A emissora paulista chegou a ultrapassar uma das concorrentes, a Record, por 37 minutos, e disputou a vice-liderança no horário da corrida. Na Grande São Paulo, a Band chegou a cinco pontos com picos de seis na audiência e fechou em quarto lugar na preferência.

Fonte: Super Esportes

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Solve : *
13 + 20 =