Os metroviários do Distrito Federal e sinalizaram greve a partir de 16/4  (sexta). A maioria dos votos foi favorável pela paralisação da categoria.

O SINDMETRÔ (sindicato da categoria) alega que os metroviários estão a vários dias sem o auxílio-alimentação, o mesmo alega que foram esgotadas todas as tratativas conciliatórias com o METRÔ-DF. Uma nova assembléia está marcada para a quinta feira (15/04).

Em nota, a Companhia do Metropolitano do Distrito Federal (Metrô-DF) informou que até o momento não recebeu comunicação oficial do SindMetrô-DF sobre uma provável paralisação dos empregados na próxima sexta.

A companhia lamenta que o SindMetrô-DF não tenha aceitado as propostas apresentadas pela empresa, principalmente em relação a questões como a quebra de caixa, onde auditoria apontou desproporcionalidade nos valores pagos aos agentes de estação, cerca de R$ 6 milhões nos últimos cinco anos.

Outro item solicitado pelo SindMetrô-DF está a manutenção do 13° pagamento do auxílio-alimentação, no valor de R$ 1.275, atual valor mensal do benefício pago aos funcionários. O 13° do auxílio-alimentação foi considerado ilegal pela auditoria, pois contraria as normas do Programa de Alimentação do Trabalhador (PAT).

Por: Junim 10B

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Solve : *
15 + 20 =