Equipe da Setur fará encontros com lideranças da cidade e ações para alavancar a cadeia turística da região

O CAT do Gama vai seguir o padrão dos demais centros do DF, funcionando todos os dias das 9h às 18h. Nele, o visitante vai poder se informar sobre pontos turísticos como a Capela São Francisco de Assis | Fotos: Divulgação/Setur

A terceira edição do programa Turismo em Ação estará no Gama, nesta terça-feira (20), para aperfeiçoar a conexão do turista que visita Brasília com a região administrativa. Idealizada pela Secretaria de Turismo do Distrito Federal (Setur-DF), a ação impulsionará o desenvolvimento local por meio de atrativos e vocações da cidade, que passará a contar com um Centro de Atendimento ao Turista (CAT).

Iniciado em 6 de abril, o programa itinerante já passou por Planaltina e Brazlândia, promovendo entregas e iniciativas de qualificações ao segmento e encontros com  lideranças das cidades. No Gama, ao longo do dia 20 de abril, a Setur-DF realizará visitas técnicas a pontos turísticos, como a Capela São Francisco de Assis e o Clube Pesqueiro Ipê.

“Os Centros de Atendimento ao Turista têm o relevante papel de orientar e informar para que o turista tenha uma boa impressão do destino logo na sua chegada”Vanessa Mendonça, secretária de Turismo

“Desde o primeiro dia de gestão, o nosso Governo vem trabalhando de forma integrada para trazer o desenvolvimento do turismo para o dia a dia de todas as cidades do DF”, explica a secretária Vanessa Mendonça. “Portanto, nosso objetivo com o Turismo em Ação agora é justamente estruturar ainda mais essa potência turística do Gama, fortalecendo a economia criativa para gerar mais emprego e renda para a nossa população”,  reforça.

Com o Turismo em Ação, também serão cumpridas agendas públicas na Administração Regional, como a inauguração do CAT. O local seguirá o padrão dos demais centros do DF, com atendimento ao público todos os dias da semana, inclusive feriados e finais de semana, das 9h às 18h. “Os Centros de Atendimento ao Turista têm o relevante papel de orientar e informar para que o turista tenha uma boa impressão do destino logo na sua chegada”, explica a secretária de Turismo do DF.

Uma entrega tão esperada pela população e comemorada pela administradora regional Joseane Feitosa. “A inauguração de um Centro de Atendimento ao Turista mostra o quão é importante valorizar cada detalhe de nossa cidade, a história, a arquitetura, o verde. Com todo apoio da Setur-DF, estamos trabalhando pra fazer do Gama uma cidade ainda melhor e sempre de braços abertos para os turistas. Ações que fortalecem o comércio local, nossa hotelaria e nossa área rural”, analisa a administradora regional Joseane Feitosa.

Além dos pontos turísticos, a região administrativa tem potencial para receber grandes eventos esportivos no Estádio Valmir Campelo Bezerra, o Bezerrão

O deputado distrital Daniel Donizet é um dos parceiros do Turismo em Ação e acompanhará a agendas pública, no dia 20 de abril. Na avaliação do parlamentar, melhorias concretas para a cidade serão possíveis com a realização do programa. “Investir no turismo do Gama é trazer desenvolvimento econômico para nossa cidade. É gerar emprego e renda. Temos que aproveitar o momento de calmaria no setor, por conta das medidas de enfrentamento à covid-19, para desenvolver mais estratégias de crescimento, como esta realizada pela Setur-DF”, ressalta Donizet.

No teatro Sesc Paulo Gracindo, empresários locais também receberão orientações sobre o Fungetur, linha de crédito histórica junto ao BRB, instituição financeira responsável por operar o repasse de R$ 521 milhões feito pelo Ministério do Turismo, com o objetivo de injetar dinheiro em empreendimentos do setor

Gama e sua história que encanta moradores e visitantes

A cidade foi criada para receber trabalhadores vindos de vários estados do país para a construção de Brasília e foi a primeira residência oficial do presidente Juscelino Kubitschek. A região abriga o Museu do Catetinho, também conhecido como “Palácio de Tábuas”, um projeto de Oscar Niemeyer construído em apenas 10 dias, em novembro de 1956.

O Gama é cenário, ainda, da capela São Francisco de Assis. Inaugurado em 2004, o local é um monumento que reverencia a natureza, a fé e que arrebata diante de sua magnitude. Edificada no topo de um morro próximo ao Núcleo Rural Casa Grande, a capela é uma das mais belas do DF e, por isso, uma das mais procuradas para casamentos e batizados. A igreja tem arquitetura simples, e seu maior diferencial é a visão panorâmica do Planalto Central e da vegetação que a circunda.

1.466novas carteiras foram entregues a artesãos entre 2019 e 2020

A RA também tem potencial para receber grandes eventos. A região abriga o Estádio Valmir Campelo Bezerra, mais conhecido como Bezerrão, inaugurado em 1977. Seguindo padrões Fifa, a arena recebeu jogos da Copa do Brasil e, após a sua última reforma, foi reaberta com um amistoso internacional entre Brasil e Portugal. Em 2016, a seleção olímpica do país utilizou o local como campo de treinamento durante o Torneio Olímpico Masculino de Futebol Rio 2016. Na Copa do Mundo Sub-17 da Fifa 2019, o Bezerrão recebeu 12 partidas.

Fomento à economia criativa

Ao longo de um dia inteiro serão promovidas condições de comercialização aos 325 artesãos do Gama credenciados à Setur-DF. Serão entregues 53 novas carteiras. O documento habilita o artesão em todo o Brasil e oferece ainda a possibilidade de participação em eventos locais, nacionais e internacionais. “Estamos indo até os nossos artesãos para oferecer esta importante ferramenta de trabalho. Entre 2019 e 2020, emitimos 1.466 novas Carteiras e renovamos 725. Mas queremos muito mais em 2021”, destaca a secretária Vanessa Mendonça.

No teatro Sesc Paulo Gracindo, empresários locais também receberão orientações sobre o Fundo Geral do Turismo (Fungetur), linha de crédito histórica junto ao Banco de Brasília (BRB), instituição financeira responsável por operar o repasse de R$ 521 milhões feito pelo Ministério do Turismo, com o objetivo de injetar dinheiro em empreendimentos do setor; e o ingresso ao Sistema de Cadastro de Pessoas Físicas e Jurídicas que atuam no turismo, o Cadastur. A inscrição garante  vantagens e oportunidades de negócios aos seus cadastrados, como incentivo a participar de programas de qualificação promovidos e apoiados pelo Ministério do Turismo, além de suporte a eventos, feiras e ações.

*Com informações da Setur

Fonte: AGÊNCIA BRASÍLIA | MÔNICA PEDROSO

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Solve : *
4 + 15 =