Criador da personagem Dona Hermínia, de ‘Minha mãe é uma peça’, o ator e humorista estava internado desde 13 de março. No domingo, horas após acordar e interagir com o marido, sofreu uma embolia, da qual não conseguiu se recuperar.

Internado desde 13 de março, ele realizou tratamento em um hospital privado em Copacabana, no Rio de Janeiro.  Pouco depois, em 21 de março, Paulo Gustavo teve de ser intubado devido às dificuldades respiratórias causadas pelo novo coronavírus.

De acordo com o último boletim médico, o ator morreu às 21h12 por causa de complicações da Covid-19.

Paulo Gustavo
Foto: Reprodução/Facebook/Paulo Gustavo

Paulo Gustavo Amaral Monteiro de Barros, que adotou apenas Paulo Gustavo para a carreira artística, nasceu em Niterói, no Rio de Janeiro, em 1978. Em 2004, aos 26 anos, começou a ganhar visibilidade ao participar do elenco da peça “Surto”, onde interpretou pela primeira vez a personagem Dona Hermínia — que se tornaria um marco na carreira.

Cartaz de "Minha Mãe é Uma Peça 3" - Divulgação
Cartaz de Minha Mãe é Uma Peça 3 Imagem: Divulgação

Dois anos depois, veio a estreia nos palcos de “Minha Mãe É Uma Peça”, sucesso estrondoso no teatro que ganhou uma adaptação cinematográfica em 2013. A trama protagonizada por Dona Hermínia, mãe exagerada de dois filhos, é uma criação de Gustavo inspirada em sua própria mãe, Déa Lúcia.

Paulo Gustavo e o marido Thales Bretas com os filhos Gael e Romeu - Reprodução/Instagram
Paulo Gustavo e o marido Thales Bretas com os filhos Gael e RomeuImagem: Reprodução/Instagram

Ele era casado com o médico Thales Bretas, com quem teve dois filhos, Gael e Romeu, através de uma barriga de aluguel. Os meninos nasceram em agosto de 2019.

Por: Junim 10B

 

 

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Solve : *
6 + 28 =