Oportunidade para estudar na Austrália! O primeiro-ministro Scott Morrison informou que as fronteiras do país entrarão em uma nova fase de reabertura. Isso vai permitir que determinados grupos de viajantes entrarem no país, na condição de cumprirem alguns pré-requisitos, estabelecidos durante a pandemia

Nesta nova fase, válida a partir de 1 de dezembro, estudantes intercambistas poderão retomar os programas, desde que estejam com o ciclo completo da vacinação e tenham tomado uma das vacinas liberadas pelo governo. A Coronavac está entre elas.

“O retorno de trabalhadores qualificados e estudantes à Austrália é um marco importante em nosso caminho de volta”, disse Scott a repórteres em Canberra.

Liberação de outros grupos

As regras também foram relaxadas nas últimas semanas para familiares de cidadãos estrangeiros. Em dezembro, além dos estudantes, estarão liberados ainda os portadores de visto de negócios, refugiados e turistas da Coréia do Sul, ambos com vacinação completa.

O primeiro-ministro aponta que essa liberação é importante não apenas em favorecimento ao turismo no país, mas principalmente à economia.

O retorno de estudantes estrangeiros, rende cerca de 35 bilhões de dólares australianos (aproximadamente R$ 140 bilhões) por ano para a economia local, além de ser um grande impulso para o setor de educação.

Muitas universidades australianas passaram a depender de estudantes estrangeiros e o fechamento da fronteira levou muitas instituições de ensino superior a demitir os funcionários.

Isolamento social

Durante toda a pandemia, a Austrália se manteve entre os países que foram menos afetados pela Covid-19.

Regras de fronteira, bloqueios rápidos e regras rígidas de distanciamento social ajudaram a Austrália a manter seus números de covid-19 muito mais baixos que os de países comparáveis, com cerca de 200 mil casos e 1.948 mortes.

Fonte: Sonoticiaboa

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Solve : *
7 ⁄ 7 =