A Coca-Cola Brasil deu um passo firme para garantir direitos iguais entre brancos e pretos dentro da empresa e anunciou esta semana que passa a perseguir uma meta para elevar a diversidade racial na empresa.

Imagem de capa para Coca-Cola quer 30% de profissionais pretos em cargos de liderança na empresa
A Coca-Cola lançou uma meta para que os pretos em cargos de chefia cheguem a 30% na empresa aqui no Brasil – Foto: divulgação

A Coca-Cola Brasil deu um passo firme para garantir direitos iguais entre brancos e pretos dentro da empresa e anunciou esta semana que passa a perseguir uma meta para elevar a diversidade racial na empresa.

Após fazer uma longa pesquisa entre os funcionários, a Coca-Cola Brasil anunciou mudanças para ter 30% de pretos em posições de liderança na empresa até 2030.

Parece pouco, mas a meta é dobrar o número de profissionais pretos em cargos de supervisão e chefia. Hoje eles chegam apenas a 14%, o que é bastante desproporcional já que 54% dos brasileiros são pretos, de acordo do com levantamento de 2020 do IBGE – Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística.

Aumento da representatividade na empresa

A Coca-Cola também assumiu o compromisso de aumentar em 50% a representação total de pretos em seu corpo funcional, passando dos atuais 30% para 45%, sem considerar aprendizes e estagiários.

“Nossa aspiração é espelhar a diversidade das comunidades que servimos com o compromisso de ampliar a representatividade e acelerar o processo de inclusão racial na Coca-Cola América Latina, liderada pela Coca-Cola Brasil”, disse Luis Felipe Avellar, presidente para operação Sul da Coca-Cola América Latina.

Como acontecerá a mudança

Para garantir que as mudanças ocorram, a empresa criou a Rede de Inclusão Racial da Coca-Cola.

Liderado por funcionários de forma voluntária, a marca está ouvindo representantes do movimento negro e traçando planos de ação para garantir que as mudanças aconteçam de forma consistente.

A ideia é acelerar a cultura inclusiva no local de trabalho e nas práticas de negócios. A Coca-cola quer promover constantemente conscientização e engajamento, mas também o desenvolvimento e planejamento de carreira de pessoas pretas.

“O caminho para alcançar uma mudança real no mundo é longo, e estamos fazendo nossa parte para liderar e defender um futuro melhor para todos”, afirma Avellar.

Para garantir mais profissionais pretos em cargos de chefia, a empresa criou a Rede de Inclusão Racial da Coca-Cola - Foto: Divulgação

Para garantir mais profissionais pretos em cargos de chefia, a empresa criou a Rede de Inclusão Racial da Coca-Cola – Foto: Divulgação

Com informações de Exame

Espalhe notícia boa!

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

13 + dez =

Solve : *
4 × 8 =