Proposta da mudança é para que os personagens tenham mais representatividade e promovam a sensação de pertencimento

Em um esforço para se alinhar à ideia de inclusão e pertencimento, M&M’s, marca com 80 anos de existência, resolveu fazer uma reforma moderna em seu elenco de mascotes. “Demos uma olhada profunda em nossos personagens, tanto por dentro quanto por fora, e evoluímos seus looks, personalidades e histórias para serem mais representativos no mundo dinâmico e progressivo em que vivemos”, revelou ao site Adweek a vice-presidente global de M&M’s, Jane Hwang.

Red, por exemplo, será menos mandão. Orange reconhecerá e abraçará sua ansiedade. Green, que se mostrará mais confiante, trocou botas até o joelho por tênis casuais, enquanto Brown fez a transição de saltos altos para sapatos mais baixos e um novo par de óculos.

Hwang ainda observou que Green e Brown se unirão mais como uma “força de apoio às mulheres, juntas compartilhando seu brilho e não sombra”. O esforço da empresa em tirar o foco de gênero de seus personagens inclui o fim do uso de prefixos para os nomes dos personagens, em uma tentativa de levar as pessoas a se concentrarem mais em suas personalidades.

Além disso, embora os doces individuais tendam a ter dimensões semelhantes por embalagem, o marketing deseja apresentá-los em diferentes formas e tamanhos a fim de promover a diversidade. “A M&M’s está em uma missão agora para criar um mundo onde todos sintam que pertencem”, acrescentou Hwang.

Os mascotes reinventados já estão chegando aos comerciais de televisão, redes sociais, embalagens e displays.

Fonte: B9

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

16 + 16 =

Solve : *
8 + 30 =