Inauguração será às 9h30 e vai beneficiar cerca de 400 pessoas. O investimento para a obra é de mais de R$ 500 mil

O mais importante espaço de lazer e convivência da Candangolândia, a Praça do Bosque, será entregue nesta sexta-feira (8), às 9h30, para a população, após ampla reforma. A área de mais de 13 mil m², localizada próximo à administração da cidade, conta com várias opções de lazer, como quadra poliesportiva, parque infantil, quatro churrasqueiras, campo sintético, pista de skate e quadra de areia.

O valor do investimento é de mais de R$ 500 mil, recurso vindo por meio de emenda parlamentar do distrital João Hermeto de Oliveira Neto. Pronto, o lugar terá capacidade para receber cerca de 400 pessoas simultaneamente.

Desde setembro de 2021, homens trabalham no local que tem relação afetiva com a história da cidade. Exatamente ali funcionava, nos primórdios da capital, o antigo restaurante do Serviço de Alimentação da Previdência Social, ponto de encontro dos operários que ajudaram a construir Brasília | Foto: Lúcio Bernardo Jr/Agência Brasília

“A Praça do Bosque é um espaço privilegiado, o mais importante equipamento de lazer da cidade, com várias opções esportivas e culturais, e estava praticamente abandonado, há anos precisando de ampla recuperação”, explica o administrador da Candangolândia, Pablo Valente. “É a entrega mais esperada pela nossa população e ouso dizer que talvez não tenha no DF uma região administrativa com uma estrutura de praça como essa que vamos entregar”, festeja.

A ideia era fazer pequenas intervenções nas áreas de lazer da praça, mas uma vistoria técnica viu a necessidade de uma abordagem mais ampla, aumentando os serviços de recuperação em todo o local

Desde setembro de 2021 homens trabalham no local, que tem relação afetiva com a história da cidade. Exatamente ali funcionava, nos primórdios da capital, o antigo restaurante do SAPS – Serviço de Alimentação da Previdência Social –, ponto de encontro dos operários que ajudaram a construir Brasília.

Aliás, ainda é possível ver resquícios desse passado recente no que restou de parte de um piso e escada que pertencia ao estabelecimento. “Era o local responsável por fornecer alimentação para todo esse pessoal da construção”, conta Marcos Paulo Alves da Silva, coordenador de administração geral da RA de Candangolândia.

No início, a ideia era fazer pequenas intervenções nas áreas de lazer da praça, mas uma vistoria técnica viu a necessidade de uma abordagem mais ampla, aumentando os serviços de recuperação em todo o local. A transformação é impactante.

A quadra poliesportiva, por exemplo, foi toda pintada e passaram por manutenção o telhado metálico, os dois gols, além das fiações elétricas do espaço, que também teve o piso de granitina recuperado. A arquibancada não ficou de fora da reforma. As pequenas rachaduras da pista de skate que atrapalhavam manobras radicais, foram reparadas.

Júlia Yasmin Souza, nascida na cidade, está feliz com a reforma geral da praça | Foto: Lúcio Bernardo Jr/Agência Brasília

“Já andei muito de patins nesta pista e vinha muito fazer passeios com os meus amigos nos fins de tarde”, lembra a estudante de 18 anos, Júlia Yasmin Souza, nascida na cidade. “Gosto muito desta praça, frequento desde criança, fico feliz que todo o lugar esteja sendo reformado. Infelizmente, estava muito abandonado”, elogia.

“Vivo há 20 anos aqui e só venho a esta praça para trazer meus netos para brincar. Vou aproveitar mais o espaço, afinal, moro bem do lado” – Maria Vieira, 63 anos, dona de casa

As obras de reformas seguem em ritmo acelerado em outras áreas de lazer da praça, como os banheiros, vestiários e guaritas dos vigilantes, totalmente de cara nova. O antigo pergolado de madeira, todo podre, foi trocado por outro, com estrutura metálica. O ponto de encontro comunitário, bem antigo, agora revitalizado, também vai ganhar uma cobertura metálica colorida, para proteger os usuários do sol. Palco de confraternizações nos fins de semana e encontros familiares animados, as quatro churrasqueiras da Praça do Bosque ganharam nova vida.

Animada com a transformação total do lugar, a dona de casa Maria Vieira, 63 anos, até arrisca marcar um encontro com a família quando tudo ficar pronto. “Está ficando bem bonito. Vou falar com o pessoal lá de casa para fazer um churrasco aqui”, brinca. “Vivo há 20 anos aqui e só venho a essa praça para trazer meus netos para brincar. Vou aproveitar mais o espaço, afinal, moro bem do lado”, planeja.

Tanto o parquinho infantil, quanto a quadra de vôlei tiveram os bancos de areia trocados e estruturas como alambrados pintados. Aliás, todos os brinquedos dedicados às crianças também foram reparados, com uma nova mão de tinta realçando o aspecto lúdico da área. E, por falar em renovação, o espaço dedicado às apresentações culturais, localizado bem no centro da praça, além do piso novo de granitina, ganhou decoração com trabalhos de artistas do projeto Menos Cinza e Mais Arte, iniciativa da própria administração.

“Participaram dessa intervenção 50 artistas de várias partes do DF. A ideia, como o nome diz, é dar vida, por meio de desenhos artísticos, a lugares cinzas da cidade”, conta o gerente de cultura da RA, Marcos Jr. Gong. “Na primeira etapa do projeto, focamos em espaços públicos, como a biblioteca pública da cidade e a Praça dos Bosques”, diz. Na sequência, ele afirma que o foco será os viadutos da cidade.

“Este é um cantinho da cidade pelo qual as pessoas têm um carinho especial”, diz a babá Caroline Saminez, 27 anos | Foto: Lúcio Bernardo Jr/Agência Brasília

Além do Parque do Bosque, outros espaços da cidade passaram por algum tipo de intervenção na atual gestão, somando um investimento de quase R$ 3 milhões de emenda parlamentar e emprego garantido para cerca de 50 trabalhadores. A principal delas foi a reforma total da Feira Permanente da cidade, entregue para população no final de 2021. O investimento na obra foi de R$ 1,4 milhão.

Espaço para a realização de eventos sociais, culturais e religiosos da cidade, o Salão Comunitário da Candanga, localizado próximo à Praça da Bíblia, também passou por um reforma, que teve início em agosto de 2021 e concluída em fevereiro deste ano.

Graças a um investimento de R$ 280 mil, cerca de dez homens fizeram a manutenção de telhados e das instalações hidráulicas e elétricas do espaço, além da reforma de todos os banheiros do local. Janelas danificadas foram trocadas e a tinta passou pelos alambrados e piso externo do lugar.

Localizada em frente à Praça do Bosque, a biblioteca pública da cidade ganhou novo visual, com pinturas na parte interna e fachada ilustrada por grafites. Os banheiros ganharam acessibilidade e manutenções foram realizadas em toda a parte elétrica do pequeno prédio.

O valor da reforma ficou em torno de R$ 57 mil, dando mais vida ao espaço. “Este é um cantinho da cidade pelo qual as pessoas têm um carinho especial, cheguei a fazer pesquisas aqui antes da febre da internet”, recorda a babá Caroline Saminez, 27 anos.

 

Inaugurado há 20 anos, o Ginásio de Esportes de Múltiplas Funções da Candangolândia é palco de várias atrações esportivas realizadas ao longo do ano. É local de campeonatos de futsal, vôlei, judô e, desde 2013, abriga a Federação Metropolitana de Judô.

Amplo, o espaço ainda é usado pela comunidade para eventos religiosos. Contudo, há pelo menos 12 anos a unidade não passava por reformas de grande porte. Uma primeira parte da obra já aconteceu, com recomposição de calçada, reforma geral da guarita, pintura de todo o alambrado, pintura externa da parede, dos portões e janelas.

“Agora vamos atrás de recursos para a pintura esportiva da quadra de esporte, das paredes externas e reforma do telhado”, planeja o gerente de obras da RA, Adriano de Lima Silva.

Agência Brasília

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

20 − 3 =

Solve : *
26 × 18 =