Nesta quarta-feira, 16, a Amazon finalmente anunciou a chegada ao Brasil do Echo Buds (2ª geração), um fone de ouvido leve, com cancelamento de ruído ativo e que ainda vem com a Alexa integrada.

A novidade era esperada desde abril do ano passado, quando o dispositivo foi lançado nos Estados Unidos.

A empresa promete que Echo Buds entrega um som nítido e equilibrado, com o benefício de ter uma bateria de longa duração, com até 5 horas de reprodução contínua por carga.

“Estamos muito felizes em anunciar a chegada dos Echo Buds ao Brasil. Sempre fez parte da nossa visão desenvolver dispositivos e recursos capazes de tornar a vida dos clientes mais simples, divertida e inteligente”, afirma Jacques Benain, gerente-geral para dispositivos da Amazon Brasil.

Imagem: Amazon/Divulgação

Ei, Alexa!

Um dos maiores destaques do novo fone de ouvido é a assistente inteligente da Amazon.

Com ela, é possível fazer chamadas, definir lembretes, solicitar músicas ou pedir indicações de podcasts, tudo sem usar o smartphone. Basta evocar a Alexa.

Para fazer uma curta caminhada, por exemplo, o usuário pode solicitar “Alexa, toque música relaxante por 15 minutos”. Quando as músicas param, é a sua deixa para voltar para casa.

Ainda com a Alexa, o usuário pode pedir para ativar dispositivos inteligentes –como acender uma lâmpada em casa, por exemplo–, assim como ativar rotinas pré-configuradas.

Cancelamento de ruído

Os Echo Buds contam com um sistema de cancelamento de ruído ativo personalizado, que pode ser ativado via Alexa.

Para isso, ele utiliza 3 microfones por fone de ouvido, sendo 2 externos e 1 interno, para estimar a pressão sonora no tímpano.

Imagem: Amazon/Divulgação

Os fones também são 20% menores, mais leves e com classificação IPX4, para resistir a respingos, suor ou chuva leve.

Ele também vem com quatro borrachas de diferentes tamanhos, para se ajustar às orelhas dos usuários. A fabricante afirma que ele é confortável o suficiente para ser utilizado durante todo o dia.

A Amazon ressalta ainda que os fones foram desenvolvidos com múltiplas camadas de privacidade, com a possibilidade de silenciar os microfones com o aplicativo da Alexa ou apagar gravações de áudio.

Bateria dos Echo Buds

Segundo a Amazon, além das 5 horas de reprodução dos Echo Buds, o estojo de recarga possui carga de até 15 horas.

Uma carga rápida de 15 minutos fornece autonomia para até 2 horas de música.

O dispositivo chega ao país com duas opções, com o estojo de recarga disponível nas versões com fio (via porta USB-C) ou na modalidade sem fio (wireless).

Imagem: Amazon/Divulgação

Vale a pena?

A venda oficial do gadget no Brasil começa em 24 de fevereiro de 2022.

No momento da pré-venda, o Echo Buds é vendido na Amazon por cerca de R$ 850, podendo ser parcelado em até 12 vezes. Se o usuário optar pela opção com estojo de recarga sem fio, o valor sobe para R$ 950.

Se comparado com os rivais AirPods, da Apple, os fones da Amazon são quase três vezes mais baratos, tendo a vantagem de serem compatíveis com aparelhos Android e iOS, incluindo acesso a Siri e ao Google Assistente.

Vale destacar que existem opções de fone de ouvido intra-auriculares mais baratos, como os fabricados pela JBL, que, inclusive, oferecem maior autonomia de bateria –alguns modelos entregam seis horas de reprodução contínua, por exemplo.

Na mesma faixa de preço do Echo Buds, também tem o Galaxy Buds Pro, da Samsung.

Entretanto, a integração com a Alexa é um grande atrativo para os Echo Buds, por ser uma das principais assistentes pessoais da atualidade, oferecendo a possibilidade de executar comandos de forma mais natural e contextual.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

12 − três =

Solve : *
13 + 24 =