O BRB inaugurou um escritório de negócios no Supremo Tribunal Federal (STF).

Fotos: Divulgação/BRB
Fotos: Divulgação/BRB

O BRB inaugurou um escritório de negócios no Supremo Tribunal Federal (STF). Com ambiente confortável que proporciona melhor experiência para o cliente, a unidade está inserida no novo modelo de atendimento de varejo do banco, baseado em eixos como ambiência das agências, melhoria dos processos, reposicionamento da rede de atendimento e nova segmentação.

“O BRB tem procurando se diferenciar das outras instituições não só pelas melhores taxas e condições, mas, principalmente, por um atendimento que equilibra modernidade digital e a presença, com o lado humano, os acessos e a facilidade do relacionamento com os nossos empregados”, afirmou o presidente do banco, Paulo Henrique Costa, durante cerimônia de inauguração na tarde de quarta-feira (30).

A inauguração da unidade no STF reforça a atuação do banco em parceria com o Judiciário. O BRB é o agente único para novas contas de depósitos judicias do Tribunal de Justiça do Distrito Federal e Territórios (TJDFT).

Desde janeiro, em linha com seu planejamento estratégico de expansão para além do DF, o BRB passou a ser o agente exclusivo do Tribunal de Justiça da Bahia (TJBA) para a captação e administração dos depósitos judiciais, administrativos e fianças, bem como dos recursos destinados ao pagamento de precatórios e requisições de pequeno valor.

O BRB é a única instituição financeira do país a oferecer o Pix judicial. Com a ferramenta, recursos disponíveis em contas de depósito judicial podem ser encaminhados para o destinatário, de modo imediato, para qualquer uma das 757 instituições participantes do Pix, com funcionamento autorizado pelo Banco Central.

Além de permitir o cumprimento de ordens judiciais de forma automática e imediata, saldo e extrato das contas envolvidas nos processos judiciais também poderão ser visualizados pelos juízes a qualquer momento.

A inauguração do novo escritório de negócios do BRB na sede do Supremo contou com a presença do ministro Luiz Fux, presidente da Corte. Ele elogiou o novo posto e destacou a participação do banco também no projeto do Museu do Supremo, que, segundo pôde avaliar, tem atraído visitantes online por todo o mundo.

 

 

Com informações do BRB

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

3 × cinco =

Solve : *
9 − 3 =