Veja a força da solidariedade. O pequeno Aiden McCarthy, de apenas 2 aninhos, foi abraçado por milhares de pessoas após perder os pais durante o tiroteio do dia 4 de julho nos EUA.

Imagem de capa para População doa US$ 3 milhões a menino que perdeu pais em tiroteio nos EUA
Aiden foi encontrado sozinho e perdido por uma moradora, após o tiroteio nos EUA – Fotos: Reprodução/CNN/Daily Mail

Veja a força da solidariedade. O pequeno Aiden McCarthy, de apenas 2 aninhos, foi abraçado por milhares de pessoas após perder os pais durante o tiroteio do dia 4 de julho nos EUA. Uma vaquinha virtual arrecadou mais de 3 milhões de dólares em poucos dias para ajudar a família. Isso dá mais de 15 milhões de reais.

Aiden foi encontrado sozinho e perdido por uma moradora e foi entregue a Irina Colon, que cuidou dele até que a família fosse identificada, no caso, os avós.

“Aos dois anos de idade, Aiden ficou em uma posição inimaginável: crescer sem seus pais”, escreveu Irina.

A força da corrente do bem

Foi ela quem abriu a vaquinha no GoFundMe para o menino. Ele agora está sendo cuidado pelos avós maternos Misha e Nina Levebeg.

campanha já teve o apoio de mais de 18 mil pessoas. Pelo menos 4 delas doaram o valor de 10 mil dólares cada uma, mais de 50 mil reais. 56 mil pessoas contribuíram até agora.

A tragédia

No dia 4 de julho, um homem efetuou disparos do alto de um telhado de um comércio durante um desfile na cidade Highland Park, perto de Chicago, no estado de Illinois.

O atentado deixou pelo menos 8 pessoas mortas. Entre elas, os pais do pequeno Aiden, Kevin McCarthy, de 37 anos, e Irina McCarthy, de 35 anos.

Robert Crimo, de 21 anos, foi o autor do tiroteio que também deixou mais de 30 feridos.

Segundo a polícia, para cometer o massacre sem levantar suspeitas, ele teria se disfarçado de mulher para esconder as tatuagens que tem na região da cabeça.

O homem também teria passado semanas planejando o ataque.

O desfile é uma comemoração famosa, que ocorre anualmente nos Estados Unidos para celebrar o dia da Independência do país, o 4th of July. Estariam presentes carros alegóricos, bandas, além da passeata com muitas pessoas.

Menino órfão está sendo abraçado

A tragédia mudou o rumo da vida de muitas famílias, mas no caso do Aiden, que ficou órfão, a perda tocou ainda mais os corações dos norte-americanos. Por isso tanta gente está abraçando o menino.

“Aiden será cuidado por sua família amorosa e terá um longo caminho pela frente para se curar, encontrar estabilidade e, finalmente, navegar na vida como órfão. Ele está cercado por uma comunidade de amigos e familiares que o abraçarão com amor e todos os meios disponíveis para garantir que ele tenha tudo o que precisa à medida que cresce”, escreveu Irina na campanha.

Força Aiden! Você não está sozinho!

Foto: Reprodução/CNN/Daily Mail

Aiden, o menino que ficou órfão após o tiroteio nos EUA – Foto: Reprodução/CNN/Daily Mail

Fotos: Reprodução/CNN/Daily Mail

Os pais do menino foram atingidos e morreram – Fotos: Reprodução/CNN/Daily Mail

Foto: Reprodução/CNN/Daily Mail

O desespero do policial ao ver a tragédia – Foto: Reprodução/CNN/Daily Mail

Com informações de O Liberal

Fonte: notícia boa!

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

9 − seis =

Solve : *
20 − 14 =