Procedimento para transferir o veículo fica mais simples a partir desta segunda-feira (14), com o aplicativo Detran Digital

A partir desta segunda-feira (14), a transferência de propriedade de veículos registrados no Distrito Federal poderá ser feita diretamente pelo celular, por meio do aplicativo do Departamento de Trânsito do Distrito Federal (Detran), o Detran Digital. A Transferência Eletrônica Inteligente (TEI-Cidadão) é válida apenas entre pessoas físicas e que possuam cadastro biométrico no Detran.

Menu do aplicativo é claro e mostra todas as etapas | Reprodução

Para marcar a vistoria, usuário será direcionado à escolha da empresa credenciada pelo Detran

Acessar o serviço é simples. Ambas as partes devem ser cadastradas no aplicativo. A transação inicia-se com o atual proprietário do veículo – para completar a operação, não pode haver débitos. O vendedor deverá realizar o login no app, escolher a opção “Veículo” e o item “Transferir veículo”. Em seguida, basta selecionar o bem na lista “Meus veículos”.

A partir daí, será gerada uma cobrança no valor total de R$ 206, referente à transferência (R$ 179) e ao cadastro na base de dados (R$ 27). O usuário pode fazer o download do boleto, enviá-lo por e-mail ou copiar o código de barras. O aplicativo ficará aguardando a compensação do pagamento.

A vistoria veicular ainda é um requisito importante para a conclusão do serviço e está prevista no Código de Trânsito Brasileiro. Caso não tenha sido realizada, ficará pendente, e o vendedor será direcionado para a escolha da Empresa Credenciada de Vistoria (ECV).  Para isso, não é necessário agendamento: basta ir direto à empresa selecionada.

Vistoria antecipada

Para agilizar o processo, o Detran-DF recomenda ao vendedor do veículo que o vistorie de forma antecipada, uma vez que o procedimento tem validade de 90 dias. Com a vistoria concluída, o usuário é direcionado para o preenchimento dos dados do comprador e as informações de venda do veículo.

Após isso, é necessário autorizar a transferência de propriedade por meio de reconhecimento facial. Nesse momento, o sistema fará o batimento da imagem capturada durante a transação com os dados já registrados na base do Detran, por meio do cadastro biométrico já feito anteriormente.

Para a conclusão da transferência, é necessária a aceitação do veículo por parte do comprador – que também deve possuir biometria registrada e cadastro no aplicativo Detran Digital. O futuro proprietário do veículo receberá uma mensagem notificando-o da intenção de venda.

A seguir, é preciso acessar o aplicativo do Detran por meio de login e senha. Aparecerá na tela do celular o aviso da transferência e será solicitado o reconhecimento facial para dar continuidade ao serviço. Leitura facial concluída, transferência de propriedade do veículo finalizada. Em média, todo esse procedimento tem duração de aproximadamente de quatro minutos.

Fonte: AgênciaBrasília

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

18 + sete =

Solve : *
28 − 10 =