Com investimentos estimados em quase R$ 32 milhões, GDF lança edital de concessão do Cave para reformar e construir novas instalações

Mais um espaço esportivo vai ser modernizado para uso da população do Distrito Federal. Com a proposta de levar mais entretenimento, lazer e fomento à prática esportiva, a Secretaria de Esporte e Lazer (SEL) lançou, nesta segunda-feira (21), o edital de licitação pública para construção, reforma, modernização, manutenção e operação do Complexo Esportivo e de Lazer do Guará (Cave), que abrange o Clube Vizinhança, o Ginásio de Esportes, o Estádio Antônio Otoni Filho e as áreas adjacentes.

Inativo desde 2016, o complexo, com a concessão à iniciativa privada, ganhará infraestrutura com clube social e esportivo para a realização de competições e eventos, academia, restaurantes, salão para eventos, com a possibilidade de aluguel também para o setor de entretenimento, lojas comerciais e o novo estádio de futebol.

Área do complexo esportivo é de cerca de 393 mil metros quadrados | Foto: Divulgação/SEL

“O DF vai ter mais um espaço com qualidade para incentivar a prática esportiva, gerar emprego, trazer grandes eventos à nossa cidade, além de ser um espaço de lazer e diversão”, ressalta a secretária de Esporte e Lazer, Giselle Ferreira. “Investir no esporte é levar a todos oportunidades de transformar vidas e fortalecer a cidadania não só para os moradores do Guará, como para toda a população da nossa capital, que vai poder utilizar a estrutura.”

Consultas públicas

Para o local, que tem uma área de 393.778,772 m² pertencente ao Governo do Distrito Federal (GDF), estima-se o valor do investimento e do contrato por parte da concessionária em R$ 31.768.396,71 milhões, por 30 anos de concessão. O processo licitatório teve a participação popular. Duas consultas públicas foram feitas para a que a população pudesse interagir com sugestões e questionamentos. A primeira delas ocorreu em outubro de 2020; a segunda, em janeiro de 2021.

 

Com o objetivo de favorecer a orientação do público sobre o novo espaço, foi proposta a setorização dos locais. Serão três setores divididos em área social – com edifício-sede da administração do clube, academia, restaurante, salão de eventos, área de piscinas, banho de sol, churrasqueiras, playground, sanitários, vestiários, edifícios de apoio e o teatro de arena existente, que será reformado.

O segundo setor é destinado à área esportiva, com o novo e moderno ginásio poliesportivo, campo de futebol, quadras de tênis, futevôlei e quadras poliesportivas, além das áreas de apoio com restaurante, sanitários, vestiários e quiosques com lanchonetes. Após serem modernizadas, as instalações do Estádio de Futebol Antônio Otoni Filho ocuparão a terceira área do novo complexo.

*Com informações da Secretaria de Esporte e Lazer

Agência Brasília

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

cinco × cinco =

Solve : *
20 × 23 =